Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Vencedor de Fevereiro

Fevereiro 2006/2007

A cavaleira Joana

 

          Era uma vez, no século XII, uma rapariga que vivia num castelo. Não era princesa nem realeza. Mas era sim, uma cavaleira. Era a primeira cavaleira que o rei D. Leonardo tinha escolhido. Era uma menina muito corajosa, valente, forte e brincalhona. O nome dela era Joana. Tinha vários amigos, que fazia com tanta facilidade que era impressionante.

         Uma das suas amigas, a Lara, era a cozinheira da família real. Joana queria brincar, por isso foi chamar Lara.

         - Lara! Lara!!! - chamava a menina. - Onde estás tu? Vem brincar cá para fora…

         Chamou, gritou e correu tudo à procura de Lara. Até que disse:

         - Ah! Já percebi… Nós já estamos a brincar!

         Mas não era verdade… Lara não estava a brincar com a Joana. Na verdade, estava na sala do rei para que este lhe dissesse que comida fazer para a festa dessa noite. Mas Joana não sabia. A comida tinha que ser provada pelo rei, que depois decidia. Era muito difícil ser a cozinheira do rei, mas era o que Lara tinha sempre sonhado.

         Então, a Joana foi procurar o Miguel, o Nuno, o Rafael e o Pedro – eram os seus outros amigos. Miguel era o bobo da corte, estava sempre

a dizer piadas para a família real, era o que ele gostava de fazer. Nuno trabalhava com os cavalos, cuidava deles, preparava-os para os cavaleiros e tinha cuidados com eles. Rafael e Pedro trabalhavam com Lara na cozinha. Mas cada um tinha a sua função: Rafael levava os pratos às mesas e o Pedro enfeitava os pratos de Lara.

         Joana chamava:

- Miguel… Nuno…. Rafa…Pedro!!!!!!! Venham brincar! A Lara não quer brincar connosco, por isso vamos ter que brincar sozinhos…mas não faz mal, pois não??

         Lara estava na sala e conseguia ouvir os gritos de Joana. Lara, enquanto o rei estava a provar a sua comida, disse em voz alta:

- Joana, já não precisam de mim para brincar? Já não tenho amigos! – queixava-se Lara.

         Lara largou a travessa, desatou a correr, a chorar e a gritar:

               - Já não tenho amigos… já não tenho amigos…

               O rei ficou zangadíssimo com o sucedido. E tinha razão para o estar, pois todos os seus criados tinham feito um juramento: “ Juro que cumprirei os meus deveres para com a família real.” E assim o tinham de fazer. Lara foi lá para fora ver os seus amigos a brincar…

         - Como estou tão triste! Ai! Porque é que isto tinha de acontecer? Tenho de servir Sua Majestade na festa logo à noite!

          Voltou a correr para a sala e disse:

         - As minhas desculpas, Sua Majestade… Distraí-me ao ver os meus amigos a brincar. Perdoai-me!

               A Joana brincava com os seus amigos quando chegaram as seis filhas do rei: Marta, Maria, Mariana, Mafalda, Madalena e Margarida. Todas elas eram más, menos a Mafalda. Esta era a mais nova delas, a única que tinha muitos amigos, porque era uma menina muito simpática. Mas as irmãs troçavam dela por ser tão ingénua. Assim que viu Joana exclamou:

         - Minha querida amiga Joana!

         As irmãs detestavam Joana e não gostavam que a sua irmã fosse amiga de uma cavaleira. Por isso, tentaram impedir que Mafalda brincasse com Joana e seus amigos. Houve uma grande discussão que durou horas, até que apareceu o dragão Iski que resolveu o problema.

         Chegada a hora da festa, Joana foi vestir o seu vestido preferido, que era lindo. Este era preto e tinha uma flor branca que o seu amigo jardineiro, Rodrigo, lhe tinha oferecido. Joana apareceu e encantou todos com a sua beleza. Quando Mafalda correu para abraçar a sua amiga, até as princesas más se roeram de inveja.

         Um rapaz foi ter com a Joana e perguntou- lhe se ela queria dançar com ele. As irmãs, ao ouvirem o pedido, foram logo ter com ele e apresentaram-se, mas o rapaz só gostou da Joana.  Dançaram durante toda a noite e Joana viveu feliz para sempre como cavaleira.

                        Teresa Lemos, 5º E

 

publicado por Fernanda Maia às 16:40
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Boas Férias!

. Revelações ... Crescer

. A jovem escritora Isa Me...

. Dia da Criança na EB 1 de...

. "Gato, gatão - poeta de p...

. Poesia na EB 1 de Escanch...

. Revelações ... Cada pétal...

. Revelações ... 2º A da EB...

. « A ambição cerra o coraç...

. Brasão da Freguesia de A...

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

.links

blogs SAPO