Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008

Revelações - O lince

       Era uma vez um conde, que num certo dia, quando caçava nos seus domínios, se aproximou de umas falésias do litoral do Mar Egeu. maravilhado com a vista, parou a admirá-la, não se apercebendo que do mar saía uma figura aterradora - o monstro marinho Malvadus, que caminhava ameaçadoramente na sua direcção. De tanto cansaço e medo, as pernas do conde recusaram-se a andar e ele, desesperado e incapaz de se defender, via já a morte à sua frente.

    Foi então que, vinda da floresta, surgiu a figura de um animal selvagem, de garras afiadas, olhar felino e orelhas pontiagudas. Era um lince enorme que, com um salto, se colocou entre o conde e o monstro, travando com ele uma luta renhida, que só terminou com a morte de Malvadus.

    As correntes marítimas encarregavam-se de apagar a memória do monstro, arrastando-o para as profundezas do mar.

    Mortalmente ferido, o lince desmaiou junto do conde. Este preocupado com a vida do seu salvador, carregou-o às costas para o castelo.

    Enquanto caminhava, apercebeu-se de que o lince perdia muito sangue. Então, o conde pegou na garrafa de cristal em que levava a sua bebida para a caça e recolheu nela o sangue do animal, na esperança de ainda o poder vir a a salvá-lo. Foi tudo em vão, porque o lince acabou por morrer nos braços do conde.

    Inconformado com a morte do seu salvador, o conde decidiu prestar-lhe homenagem, mandando construir uma máquina de guerra, à qual deu o nome de Lynx. Esta máquina só pederia ser manobrada por homens corajosos, resisitentes e perspicazes, aos quais era dado a beber o sangue do lince. O sangue que bebiam actuava como uma poção mágica, tornando-os aptos a defenderem o seu povo e o seu país contra toda e qualquer ameaça.

 

                                                                                                                                         Alexandru, 7º B      

publicado por Fernanda Maia às 17:39
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Boas Férias!

. Revelações ... Crescer

. A jovem escritora Isa Me...

. Dia da Criança na EB 1 de...

. "Gato, gatão - poeta de p...

. Poesia na EB 1 de Escanch...

. Revelações ... Cada pétal...

. Revelações ... 2º A da EB...

. « A ambição cerra o coraç...

. Brasão da Freguesia de A...

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

.links

blogs SAPO